domingo, 23 de janeiro de 2011

A viagem por Socorro - PARTE I

Depois de uma semana monitorando as chuvas em SP e MG decidimos que dava pra encarar 10mm diários de água para curtir uma semaninha antes de pegar firme no batente! Fechamos então na viagem para Socorro para estreiar a barraca de 2 segundos!

Saímos na segunda com o tempo lindo e céu azul em Campinas, mas ao chegar em Bragança descobrimos que  a estrada para Socorro estava bloqueada por uma barreira que havia caído na noite anterior, de modos que tivemos que dar um rolê no universo, passando por Pinhalzinho, Monte Alegre, Serra Negra e Lindóia pra chegar ao destino final! Cheias de fome paramos num restaurante antes de Monte Alegre, que ficava de frente para a Cachoeira das Andorinhas. A cachú tava ‘do mal’ espirrando água braba pra todos os lados... uma beleza de se ver e bater fotos!!

Cachoeira das Andorinhas (Foto: Babi)

O CAMPING (Pousada Monjolinho)

Seguindo viagem chegamos a Socorro no começo da tarde e fomos direto para o camping abrir a barraca pra ficarmos livres. Escolhemos o melhor lugar do gramado, já que eramos as únicas campistas de lá (o resto do povo estava nos chalés). Descobrimos que os donos da pousada/camping (Seu Alair e Dona Neusa) eram uns amores, descolaram pra gente uma lona e uma extensão, já que somos "iniciantes" na arte de acampar e esquecemos alguns itens (isso pra não mencionar as pilhas para lanterna!). Além disso D. Neusa liberou a cozinha da Pousada pra gente usar, o que tornou tudo mais fácil! 

O banheiro não era o melhor do universo, já que apesar de limpo tinha frestas na porta e na parede liberando a entrada para mosquitinhos adoradores de  sabonete, aranhas, casulo de borboletas e até beija-flores que deram rasante na cabeça da Duda (rsrs!!). Mas a água era quentinha e deu pra sobreviver bem!

A pousada tem também dois tanques de peixes famintos, onde fizemos uma tarde de pescaria que rendeu um churrasco de tilápia com os vizinhos do chalé!! Seu Alair pesa os bichinhos pescados, limpa direitinho e Dona Neusa os tempera como ninguém...


Tanques de peixes-famintos (Foto: Babi)

A pousada fica do lado do Parque Ecológico Monjolinho, rola um lance meio familiar entre Pousada e Parque, o que dá direito aos hóspedes a fazer uma tirolesa de grátis no Parque! Lá também dá pra fazer rafting, rapel, arvorismo, aqua ride e water trekking. Esse último era o que eu mais queria fazer, mas por causa do grande volume de água nos rios nenhum parque estava fazendo, assim como o cascading =( 

O café da manhã da Dona Neusa é um capítulo a parte (e bem que merecia uma fotinho) e era simpaticamente servido por Dona Lúcia. Nos deliciamos apenas no último dia pois fizemos as compras já incluíndo os itens de café da manhã... não fosse isso, certamente teriamos nos empanturrado todas as manhãs de torta de cenoura com cheiro verde e aquele maravilhoso bolo de milho que mais parecia um bombocado (nhamm...), sem contar o café fresquinho com gostinho de roça e o pão de queijo quentiiiinho que Dona Neusa serviu no nosso prato. Dilíça!!

A BARRACA

Sobre a barraca, bom ... É excelente o fato de ela montar em 2 segundos (!!!) dispensando todo o trabalhão com desdobrar, enfiar varetas, amarrar a capa e  etc, etc, etc... Basta tirar ela da sacola, deixa-la abrir-se sozinha-se e fixa-la no chão com os specks e fim!

O espaço interno é bom e esse modelo especificamente é cheio de bolsos internos que facilitam muito a organização! Tem também uma espécie de varanda, que de certo modo "isola" a barraca do meio externo e dificulta um pouco a entrada de sujeira, especialmente quando tem um tapetinho, como era nosso caso =)

Duda enchendo o colchão dentro da barraca (Foto: Babi)

Outra vantagem é a barraca ter duas "portas", pois dá pra abrir a de dentro pra refrescar e manter a intimidade e o escurinho com a de fora fechada! A única coisa bem ruim é que a barraca vai ficando mais baixa no fundo... isso é meio claustrofóbico, mas foi só dormir com a cabeça virada para a abertura que tudo se resolveu!

A barraca foi nota 10 e a experiência serviu para listarmos alguns itens essenciais que precisamos descolar para os próximos campings, tipo: uma lona para colocar embaixo da barraca (pois quando chove faz uma meleca!), uma bomba pra encher o colchão (pra não ter que ficar bombando toda noite antes de deitar), um ventilador de verdade (porque o da barbie não rola! rsrs...) e uma lanterna com pilhas novas (porque sem pilha não alumeia, néam coração??)

9 comentários:

Vitor disse...

Hahaha muito bom esse blog com os causos das viagens =)

Bjos!

Vi

Podinha Camping Club disse...

Olá Babi e Duda, estamos retribuindo a visita rs.
Li a postagem de vcs e tenho algumas ressalvas:
1) por pura piedade campista não descreva com tanta perfeição quitutes que não podemos comer rs, fiquei aguada pra comer a tal torta de cenoura com cheiro verde :(
2) vcs tem uma barraca muito show e não conheço nenhum blog campista cujos "donos" acampem com uma, então minha dica de intrometida: explore isso, descreva como foi o uso, se "aguentou" a chuva essas coisas que todo mundo sempre quer saber.
Qualquer "perrengue" é só gritar podinhas@gmail.com
Sejam bem vindas a rede de blogs campistas e boa sorte!

Babi e Duda disse...

Olá Podinha!

Ficamos muito felizes com sua visita ao blog, tão bebê e já recebendo visitas ilustres! hohoho!!

Realmente a torta de cenoura com cheiro verde é um pecado, merece totalmente uma visita ao camping!

E obrigada pela dica da barraca, ainda precisamos explorar mais! Nas postagens das próximas viagens prometemos dar mais detalhes sobre o desempenho da bichinha! Dá pra adiantar que ela sobreviveu bem ao pé d'água em Socorro, não molhou nadinha por baixo, e por cima estavamos protegidas por uma lona.

Apareça sempre!

Beijos,

Babi e Duda

Geovane da Silva disse...

Vejo um monte de vídeos no YouTube sobre essa barraca, nunca tive o privilégio de ver uma por perto. É muito prática para montar.

abs.

Babi e Duda disse...

Oi Geovane!

Essa eu comprei na Decathlon e lá tem de vários tamanhos! Ela também é bem prática e rápida pra desmontar!

Apareça!

Barraca Voadora disse...

Bem vindos a rede...
que a cada dia vem aumentando
adoramos o post!!!

Babi e Duda disse...

Olá família voadora!

Obrigada pela visita!
Estamos muito contentes com a recepção calorosa dos amigos campistas da rede!

Beijos,

Babi e Duda

Zé Reynaldo disse...

Oi meninas, sejam benvindas ao mundo dos blogs, já estou seguindo vcs. Zé Reynaldo.

Nossas Estradas disse...

Olá Zé Reynaldo!

Agradecemos a visita! Também estamos sempre no seu blog!

Beijos,

Babi e Duda